Quem perdeu prazo do Imposto de Renda pode declarar nesta segunda
04/05/2015
 
Os contribuintes que estavam obrigados a declarar o Imposto de Renda 2015 mas não enviaram as informações a tempo para a Receita Federal devem acertar sua situação com o fisco.

O envio da declaração em atraso pode ser feita a partir das 8h desta segunda-feira (4).

O contribuinte que perdeu o prazo para enviar a declaração deve apresentá-la o quanto antes, pois a multa é calculada conforme o tempo de atraso.

A multa mínima por atraso é de R$ 165,74, mas pode atingir até 20% do imposto devido.

A Receita Federal informou ter recebido mais de 27,8 milhões declarações do Imposto de Renda 2015, segundo balanço divulgado na madrugada de sexta-feira (1º). O número fica acima das expectativas do fisco, que falava em 27,5 milhões de declarações.

Sobre a multa que deverá ser paga, a lei estabelece multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido apurado na declaração, ainda que integralmente pago. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o valor máximo é de 20% do imposto sobre a renda devido.

Assim, caso o contribuinte entregue a declaração até o último dia útil de maio, por exemplo, irá pagar 1% do IRPF devido ou R$ 165,74 (o maior entre os dois valores). No entanto, caso a entrega ocorra dia 1º de junho, a multa percentual já seria o dobro, ou seja, 2%.

Deixar de declarar é considerado sonegação e, além da multa pela falta de entrega da declaração, o fisco poderá cobrar o imposto devido sobre a renda não declarada (lembrando que os bens não declarados podem ser considerados acréscimos patrimoniais injustificados, tributáveis pelo IRPF), mais multa de 150% (aplicável no caso de sonegação fiscal) e juros Selic.

Caso o contribuinte não pague o valor cobrado pelo fisco, após o final de processo administrativo, a pessoa física poderá ser investigada e processada por crime de sonegação fiscal, punível com pena de reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa.

Autor: Do G1, em São Paulo

 
 
 
 
PIB dos EUA cresce 0,8% no 1º trimestre, de acordo com 2ª estimativa
leia mais
Brasil deve colher mais uma safra recorde de grãos em 2015
leia mais
BC lança 2º conjunto de moedas comemorativas dos Jogos Rio 2016
leia mais
Veja quem pode ser declarado como dependente no Imposto de Renda
leia mais
Gasolina sobe menos, e inflação pelo IPC-S perde força em prévia de março
leia mais
Inflação em SP desacelera alta na 2ª prévia de março, mostra Fipe
leia mais
Vendas de milho da safra 14/15 de MT em fevereiro crescem ante 2014
leia mais
Mistura de etanol na gasolina sobe para 27% a partir de 16 de março
leia mais
Brasil fecha fevereiro com coleção de dados negativos e mais arrocho
leia mais
IR 2015: 7 passos para fazer fácil a declaração e receber restituição logo
leia mais
Setor de serviços cresceu 6% em 2014, diz IBGE
leia mais
Conta de luz subirá menos de 40% este ano, estima ministro
leia mais
Alta de tributo na gasolina chega antes ao preço do álcool em SP
leia mais
Entenda o que está fazendo a conta de luz subir
leia mais
Indústria não aceitará aumento da carga tributária
leia mais
Analistas veem risco iminente de novos apagões
leia mais
Banco Mundial corta previsão do PIB do Brasil de 2,7% para 1% em 2015
leia mais
BNDES pretende impulsinar setor sucroenergético nos próximos anos
leia mais
Economia brasileira cresceu 0,15% em 2014, segundo analistas do mercado
leia mais
FecomercioSP vê saldo de operações de crédito sem crescimento em 2015
leia mais
Juros ao consumidor chegam a 44% ao ano, maior valor desde 2011, diz BC
leia mais
Com incertezas e economia 'parada', empresas buscam menos crédito
leia mais
País saiu da recessão no terceiro trimestre, indica Serasa
leia mais
Mantega diz que seu sucessor terá o desafio de fazer a economia crescer
leia mais
Inflação em São Paulo sobe para 0,37% em outubro puxada por alimentos
leia mais